Abatedouro de aves: 5 referências para reduzir desperdícios.

Posted on Posted in Postagens SAG

Separei essa semana um assunto para compartilhar que tem a ver com os abatedouros de aves, na verdade tem a ver com reduzir desperdícios em abatedouros.

Eu tenho a anos ajudado esse setor a adotar novas medidas para tornar as empresas ainda mais eficientes, mais inteligentes, mais competitivas. E algumas preocupações que eu tenho visto está relacionado com essas 5 referências que vou listar agora.

1 – Simulação de Rendimento: Aqui é um trabalho de gestão estratégica, de buscar medir qual seria o melhor cenário para que o abatedouro tenha maior rendimento, maior lucratividade, maior margem de lucro. É um trabalho bem importante, que vejo poucos abatedouros fazerem.

2 – Redução de Quebra de Produção: Existe uma máxima na administração estratégica que diz: o que não é medido não é gerenciado. Vejo pouquíssimas empresas fazendo isso, recolhendo informações desde a recepção da ave, até a pesagem do produto – temperatura de escaldagem, velocidade da linha de produção, resfriamento, rendimento; processos importantes que precisam ser medidos e armazenados em alguma base de dados para que possa ser utilizado como metas de redução ou de aprimoramento.

3 – Redução de Quebra de Padronização: A pesagem das caixas do abatedouro é essencial para garantir o peso padrão das caixas; o que tenho visto é que alguns abatedouros não possuem integração da balança com um software, o que pode ocasionar uma produção de caixa com sobre-pesos. Por exemplo: Ao invés de ser de 18kg, está saindo com 18,6kg. Desperdício desnecessário.

4 – Tolerância da Balança Rodoviária: Aqui tenho visto empresas apenas fazendo anotações em papeis, sem uma integração com um software, para aferir e bloquear caso o peso liquido do caminhão seja diferente do peso que foi carregado. Isso ocorre por várias razões; descuido na hora de carregamento, fraudes, intenção duvidosas…

5 – Quebra de estoque: A vários fatores que podem elevar a quebra de estoque e consequentemente a prejuízos na empresa. Destaco aqui a validade dos produtos nas câmeras, o tempo de entrega, produtos trocados, em desconformidade de peso, de qualidade. O ideal para combater esses vilões da eficiência é utilizar um software especialista no setor que tenha condições de mapear esses pontos críticos e auxiliar nos controles e monitoramentos.

E isso ai pessoal

Espero que esse material possa contribuir com alguma ideia para melhorar alguma empresa por aí

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *